Blog

Como investir em fundos imobiliários?

Aluguel
Como investir em fundos imobiliários?

Quem acompanha os noticiários sabe que o mercado imobiliário voltou a crescer. E com a valorização dos imóveis, os investimentos destinados ao setor voltaram a apresentar alta rentabilidade. Quer saber como investir em fundos imobiliários? Continue a leitura que a gente explica!

O que são fundos imobiliários? 

Sabe aquele papo de avós, que dizem que aplicar o seu dinheiro em um imóvel é sempre um bom investimento? Eles sabem o que dizem. Afinal, representa uma possibilidade de renda extra para aluguel que também pode se tornar uma herança para os seus filhos e netos. 

Mas, além de tudo isso, os imóveis podem se tornar uma oportunidade interessante para quem quer começar a investir dinheiro.  

Os fundos imobiliários funcionam como se fossem condomínios fechados, onde existem vários apartamentos que podem ser adquiridos por investidores. Cada fundo utiliza os recursos que foram investidos pelos cotistas para a construção de shopping centers, edifícios comerciais, entre outros. Ou seja, é o investidor que ajuda eles a serem erguidos. 

São reconhecidos como opções práticas, rápidas e seguras de investimento, apesar de que comprar ou vender um imóvel às vezes pode demorar mais que o previsto. 

E suas cotas podem ser negociadas assim como acontece com as ações na Bolsa de Valores, nas ofertas públicas ou mercado secundário.  

Quais as vantagens desse tipo de investimento? 

Baixos custos 

Exposição imobiliária diversificada: contribui para a redução dos riscos de desocupação e deterioração do imóvel.

Gestão profissional: seja nos bancos ou nas corretores, sempre vai ter um profissional especializado no mercado financeiro para analisar as melhores oportunidades.

Isenção do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF): a isenção nos dividendos recebidos é outra vantagem dos fundos imobiliários.

Oportunidade de renda extra: é possível fazer um investimento e viver de seus rendimentos ao comprar cotas de um fundo de investimento imobiliário.

E as desvantagens? 

Risco de liquidez no mercado: como o número de investidores que fazem aplicações em fundos imobiliários é relativamente baixo eles são pouco negociados na Bolsa. Então, a venda das cotas pode se tornar um desafio. 

Não se pode comprar o imóvel em que está investindo: a gestão é feita pelo fundo.

Para qual perfil de investidor eles são indicados? 

Os fundos de investimento imobiliário são indicados para investidores que contam com perfil conservador. Oferecem baixo risco e bons resultados em longo prazo. 

Como investir em fundos imobiliários em 3 passos 

1. Analise se é mais vantajoso iniciar um investimento no seu próprio banco ou em uma corretora. Considere também os custos envolvidos, como taxa de administração da equipe gestora do fundo, taxa de performance e taxa de colocação para a comercialização das cotas. 

2. Escolha o fundo que deseja investir. Para isso, analise o histórico de rentabilidade e verifique se é mais atrativo que o proporcionado pela poupança ou outros investimentos.

3. Depois de ter certeza sobre a sua decisão é só revisar o pedido, observando detalhes como o código do fundo, quantidade de cotas e preço que vai pagar, e enviar a ordem.

Quer aproveitar os rendimentos de suas aplicações em fundos imobiliários para comprar ou alugar um imóvel? Então acesse o portal CliqueiMudei para conquistar seus próximos objetivos! 


Nenhum comentário
Seja o primeiro a escrever um!

Posts relacionados