Blog

Investir em imóveis é um bom negócio? Entenda

Investimento
Investir em imóveis é um bom negócio? Entenda

Anda se perguntando se investir em imóveis realmente vale a pena? Se quer fazer um bom negócio e entender os investimentos imobiliários mais indicados para o seu perfil este conteúdo é para você.

Por que investir em imóveis continua valendo a pena? 

Com a retomada do crescimento do mercado mobiliário, investir em imóveis pode ser uma opção interessante para receber renda extra. Um investimento sólido que se torna parte de seu capital, além de ser protegido pela inflação e oferecer retorno garantido.  

Só em São Paulo (SP), maior cidade do país, o aumento de vendas de unidades residenciais em agosto de 2017 foi 73% maior do que o mesmo período de 2016. Os dados, divulgados pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), revelam um cenário favorável para investimentos em imóveis. 

A demanda por imóveis cresce junto com o aumento da população brasileira e faz com que os imóveis existentes sejam cada vez mais valorizados. Segundo um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) o Brasil tem um déficit habitacional de mais de 7 milhões de moradias. 

Então, investir em imóveis é um bom negócio porque sempre vai ter procura. Afinal, todo mundo precisa de um lugar para morar e para trabalhar. Por isso, investimentos imobiliários são considerados como uns dos mais estáveis do mercado. 

Como investir em imóveis? 

Desde a compra e venda até a aplicação em fundos de investimentos, existe uma série de possibilidades para investir em imóveis. Entenda a seguir algumas dessas opções e como você pode lucrar ainda mais com elas. 

1. Compra  

Se perguntando se vale a pena comprar um imóvel? Esse é o ponto de partida para começar um investimento imobiliário, caso ainda não tenha uma casa, apartamento ou um terreno. Afinal, ele vai continuar valorizando com o tempo. 

Também é uma opção que cabe em qualquer bolso: é possível comprar imóveis para investir e pagar o financiamento com o aluguel. Ou seja, fazer um bom negócio ao aumentar seu patrimônio e quitar as prestações com o valor que recebe de seus inquilinos.  

2. Venda de imóveis 

Vender um imóvel para usar o dinheiro em um fundo de investimento ou ainda comprar outro em uma região mais valorizada são opções interessantes para quem deseja se desfazer de uma propriedade. Confira como anunciar a venda de um imóvel da melhor forma possível. 

3. Colocar um imóvel para alugar 

O mercado de aluguel tende a atender cada vez mais o público jovem que ainda não conta com recursos para comprar um imóvel

Mas, vale lembrar que quem coloca um imóvel para alugar dificilmente sai perdendo: os valores dos contratos de aluguel são atualizados anualmente seguindo o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado). 

Leia também: 
Como alugar um imóvel com segurança 

4. Aluguel por temporada 

O aluguel por temporada é uma boa opção para quem cansou de esperar pela locação de um imóvel.  

Com a popularização de sites de aluguel por temporada, como o Airbnb, é possível alugar desde um quarto vazio da sua casa até um imóvel inteiro. O anfitrião é quem define sua disponibilidade, preços e regras para os hóspedes. 

5. Fundos de investimento imobiliário 

Tem perfil conservador? Então os fundos de investimento imobiliário podem ser a melhor escolha. Oferecem baixos riscos para os investidores e são indicados para aqueles que buscam resultado no longo prazo.  

Uma das principais vantagens de fundos de investimento imobiliário como as Letras de Crédito Imobiliário (LCI), por exemplo, é que permitem a diversificação de aplicações. Ou seja, é possível investir quantias menores em papéis de diversos imóveis. Uma alternativa ideal para quem não pretende comprar ou vender um imóvel, mas acredita no potencial do setor. 

Para encontrar o seu imóvel a um clique, sem ficar vendo anúncios repetidos, visite o site CliqueiMudei. Prático e rápido!

Nenhum comentário
Seja o primeiro a escrever um!